22 de set de 2012

DEMOCRACIA VERSUS DITADURA




A democracia é o único regime que permite ao cidadão ser contra, dentro da lei. Os demais regimes recusam ou reprimem esse direito e permitem ao cidadão apenas ser a favor ou neutro, jamais

 ser contra. Portanto, para funcionar bem, a democracia precisa garantir ao cidadão aquilo que a distingue dos demais regimes: o direito legal de ser contra. 

As eleições são feitas somente com o voto a favor e não há como distinguir a democracia da ditadura, pois esta também permite o voto a favor. Muitos ditadores submeteram-se a eleições e foram “reeleitos”, sempre com votos a favor e por compra de votos, já que não são capazes de ganhar a eleição com a vontade do povo, mas se aproveitam, na maioria das vezes, das pessoas mais humildes.


Em nosso país, por exemplo, há muitos políticos que, embora rejeitados por muitos, acabam sendo eleitos por poucos, lamentavelmente com votos suficientes para ganhar o cargo. O voto a favor, sozinho, não garante a democracia. Por isso, é necessário que o eleitor reflita sobre a questão da empregabilidade, do concurso público, da industrialização e da instalação das universidades no município.


As eleições que aconteceram e que acontecem não detectam verdadeiramente a vontade da maioria dos cidadãos — um dos traços da democracia, pois não levam em conta a rejeição dos eleitores ao candidato. É uma democracia pela metade! 


                                                                                                        ( Milton Nogueira)
   

Um comentário:

  1. Muito bom Carlos, se não podemos ter um carro pipa para apagar o fogaréu, podemos algumas gotas de água e isto será a nossa parte, quem sabe consigamos motivar a muitos outros a também fazer o que lhe é possível. Para isto serve os educadores: fazer despertar o melhor de cada um ao seu redor.

    ResponderExcluir