31 de dez de 2010

Retrospectiva 2010 em forma de Poema


Eu vi o programa Mesa Z em janeiro iniciar,
A UNEAL contra o governador na festa panfletar,
Telão na festa da padroeira, aos fiéis, mais uma vez, envergonhar;
E o nepotismo na prefeitura a solta rolar.

Eu vi edital de concurso as vagas não contemplar,
Vi merenda nas escolas faltar.
E antes da eleição do Conselho Tutelar,
Palhaçada rolar, pra candidata não entrar.
Eu vi merenda ser superfaturada,
E por conta disso, comissão especial ser criada.
Vi reforma ficar inacabada,
E construção de muro gastar mais do que estrada.
Eu vi eleição da UNEAL a democracia fortalecer,
Vi Parlamento Jovem acontecer.
Vi menino ser sequestrado,
E Juiz do cargo ser afastado.
Eu vi água entrar nas casas,
Vi pessoas ficarem arrasadas.
Eu vi nas ruas o povo gritar,
Que fome não vai passar.
Eu vi rádios à força emudecer,
Inimigos se entender em nome de sei lá o quê.
Vi secretárias serem retiradas,
E mulher na rua ser assaltada.
Eu vi Câmara ficar abusada,
Com a presença da moçada.
Eu vi lagarta se restaurar e eleição ganhar,
Vi hospital fechar, sem nenhum motivo bom apresentar.
Eu vi cantor em festa se irritar,
Eu vi lixão fogo pegar,
Podofilia manchete nacional virar,
E em União muita pizza rolar.
Eu vi continuarei vendo muito mais em 2011!

 
                                                           Sérgio Rogério
                                                           ACORDA UNIÃO

29 de dez de 2010

Análise de Charge sobre venda do SBT.

Diante de todo estardalhaço em torno da ajuda governamental para que o Banco Panamericano não quebre e a garantia dada por Sílvio Santos por meio do patrimônio juntado ao longo dos anos, nossos chargistas não poderiam ficar de fora. Como sempre, Sílvio Santos vem personificado com seu microfone e o sorriso largo. O discurso remete claramente ao jeito como o dono do Baú da Felicidade fala.

Fonte: blogdecharges.blogspot.com

27 de dez de 2010

O transtorno de personalidade borderline

O transtorno de personalidade Borderline ocorre mais frequentemente em mulheres (aproximadamente 75% dos casos). Ele é caracterizado pela instabilidade emocional, impulsividade, manifestações inadequadas de raiva, baixa autoestima, comportamento autodestrutivo, tendência ao suicídio, insegurança, hipersensibilidade às críticas, incapacidade em aceitar as regras e a rotina, expectativa de conseguir recompensas desproporcionais, intolerância à frustração e solidão, e medo de abandono – na maioria das vezes, irreal. As pessoas acometidas tendem a ter relacionamentos intensos, mas confusos e desorganizados: uma pessoa que, para o Borderline, é excepcional, em pouco tempo pode ser, sob sua ótica, a pior pessoa do mundo – basta não corresponder à sua idealização ou rejeitá-la sob a sua concepção, nem sempre verdadeira. Além disso, tais pessoas podem explorar e manipular os outros, algumas vezes de forma inconsciente; e, em alguns casos, também podem manifestar sintomas psicóticos.
Apesar de ter algumas características semelhantes ao transtorno afetivo bipolar do tipo dois, no transtorno Borderline, as oscilações de humor ocorrem com maior frequência, às vezes até em questão de minutos ou horas. Além disso, os traços depressivos do Borderline se caracterizam por sentimento de vazio e solidão; e raramente se manifestam juntamente com sentimento de culpa, autoacusação e/ou remorso.
Suas causas não são bem elucidadas, mas percebe-se que existe uma forte influência genética, associada a vivências traumáticas, sejam elas reais ou imaginárias, durante a infância; e stress ambiental, geralmente relacionado às relações familiares ou no trabalho. Alguns estudos apontam também uma redução do volume da amígdala e do hipocampo em pacientes com esse transtorno, mas ainda não se sabe se tais características estão relacionadas às suas causas ou às suas consequências.
As manifestações dos sintomas se iniciam, geralmente, na adolescência, e não regridem, a não ser que seja feito o tratamento, e de forma correta.
Quanto a ele, na maioria dos casos é necessário o uso de medicamentos, associado à psicoterapia. Essa última é imprescindível, mas exige paciência, persistência e disciplina; e deve ser feita por bons profissionais, já acostumados com esse tipo de transtorno, uma vez que não é fácil lidar com as mudanças repentinas de humor, cobranças, acusações e atos depreciativos que os mesmos podem dirigir àqueles com que se relacionam – inclusive o terapeuta.
Um bom acompanhamento médico permite que a pessoa tenha uma melhor qualidade de vida e, em muitos casos, desempenhe suas tarefas normalmente e tenha bons relacionamentos. O acompanhamento psicológico dos cuidadores também é importante, uma vez que os mesmos podem sucumbir frente à instabilidade emocional e exigências da pessoa acometida.

Fonte: Brasilescola.com


23 de dez de 2010

Verão de 2011 será mais quente do que a média, dizem meteorologistas.

O verão de 2011 terá temperaturas acima da chamada normal climatológica, segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Cptec/Inpe). A estação começou às 21h38 (no horário de verão), desta terça-feira (21).
“Isso significa que o verão de 2011 será tão quente quanto nos últimos anos, porque a normal climatológica é a média de temperaturas em um período de 30 anos, e no caso o cálculo é feito considerando o período entre 1961 e 1990, o que faz com que a média esteja levemente defasada”, diz ao G1 a meteorologista Priscila Farias, do Cptec/Inpe.
Devido à previsão de chuvas acima da normal climatológica no extremo norte do país, as temperaturas deverão estar mais amenas na região, mas ainda assim os dias serão quentes. Na Região Sul, a probabilidade é de chuvas abaixo da normal climatológica. Já nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Nordeste, as chuvas devem ficar dentro da normal climatológica.
“No Sudeste, o verão deve ter chuvas irregulares, ou seja, pode chover muito em um local, em pouco tempo, e em uma área próxima não chover. Isso é uma característica do verão, já que as chuvas nessa estação caem em forma de pancadas”, explica Priscila.
O verão é caracterizado por dias mais longos do que as noites, e é uma estação em que ocorrem mudanças rápidas nas condições diárias do tempo, causando chuvas de curta duração e forte intensidade, principalmente à tarde. Considerando o aumento da temperatura do ar sobre o continente, estas chuvas poderão ser acompanhadas por trovoadas e rajadas de vento, principalmente nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.
“A previsão é de que o fenômeno La Niña, que representa o esfriamento nas águas superficiais do Oceano Pacífico Tropical, permaneça em atuação pelos próximos três meses, e isso leva a essa condição de mais chuvas no Norte e menos chuvas no Sul”, afirma a meteorologista. O verão termina em 20 de março, data em que começa o outono.

Fonte: ambientebrasil.com.br

20 de dez de 2010

O que é a amizade colorida?

Amizade colorida significa o relacionamento onde há interação sexual entre os comprometidos, como carícias, beijos, relações sexuais, características do namoro.
A diferença da amizade colorida para a amizade tradicional é devido à intimidade física dos participantes, sendo que não há compromissos com o outro, como o de fidelidade. Pode ocorrer de uma das pessoas envolvidas ajudar a outra a encontrar novos parceiros.
É possível pensar que amizade colorida é aquela que permite as pessoas não ter obrigações, exigir explicações; talvez com o intuito de procurar companhia e momentos de prazer recíproco.
Apesar de haver uma amizade entre essas pessoas, corre-se o risco de uma delas ou as duas, envolver além do que foi determinado, o que pode ocasionar no término da relação ou fazer com que essa acabe aos poucos.
A amizade colorida pode surgir no tempo em que as pessoas não podem ou não querem comprometer-se, estas ocorrem na maior parte das vezes quando as duas pessoas estão sem um namorado ou terminaram uma relação. A aproximação é facilitada pela intimidade, porém há uma confusão sobre o que é o relacionamento.
O fato da mulher se apegar ao amigo pode ser explicado pela confiança depositada no mesmo, acreditando que não será traída, uma vez que o amigo é bastante conhecido.

Fonte: Brasilescola.com

14 de dez de 2010

Professor Carlos Senna é entrevistado por um Blog da cidade.

Confiram uma entrevista especial direcionada ao prof. Carlos Senna, realizada por José Marcelo em seu Blog "JMarcelo fotos", Conheçam um pouco da vida do prof. Carlos Senna.
Acessem: http://jmarcelofotos.blogspot.com/search/label/Entrevistas

11 de dez de 2010

A escola como espaço de inclusão no cenário de desigualdades

Nosso país tem uma grande parcela de jovens que ainda se encontra excluída do sistema educacional, pelo descaso social, com necessidades de trabalhar para o sustento de suas famílias, tendo que às vezes ter tempo para procurar emprego, ou fazer “bicos”.
O incentivo que não existe a esse jovem que se encontra marginalizado pela sociedade, por questões sociais, “desigualdades” e até a estrutura familiar, vem contribuir para sua exclusão.
Boa parte de nossa infância e adolescência se dá na escola. A escola com função social de democratizar conhecimentos e formar cidadãos conscientes, participativos e atuantes é um direito de todos.
Os jovens aqui citados são jovens que estão fora dessa realidade, sem perspectivas, pois trocam o direito de estarem na escola para trabalharem, ou por se encontrarem excluídos procuram o mundo da marginalização, sem até mesmo terem opção.
A temática “exclusão” é um problema global que afeta a todos, onde os excluídos sem perspectivas procuram saídas às vezes sem volta e os que consideram incluídos numa sociedade de direitos são afetados pela repercussão que esse problema social gera.
Tendo em vista esta discussão sobre exclusão, consideramos a escola como berço do jovem para o exercício da cidadania.
A contribuição de todos é necessária para erradicar este problema. Poderes públicos e privados, ONG’s, assistentes sociais, educadores, comunidade, sociedade em geral devem firmar parcerias.
Discussões em todas instâncias devem acontecer, para projetarmos responsabilidades e ações. Várias propostas de projeto são lançadas com o propósito de somar a tamanho descaso, porém sua viabilidade depende da unificação de uma classe atuante a favor do direito de todo jovem na escola.
Acreditamos que através da cidadania, participação, democratização, co-responsabilidade, cooperação, parcerias, teremos um norte para trabalharmos em prol de mudanças, “inclusão” de nossos jovens.

Fonte: Brasilescola.com

5 de dez de 2010

Uneal realiza formatura do curso de geografia no campus V

Formandos em Geografia

Prof. Carlos Senna bastante animado


Foi realizada com muita alegria e emoção ontem (04), mais uma linda e organizada formatura do campus V da Uneal, na cidade de União dos Palmares-AL, desta vez, foram os alunos do curso de geografia que vibraram e comemoraram a sua formatura em licenciatura plena. A cerimônia contou com a presença do ilustríssimo reitor o prof. Jairo Campos, o diretor do campus V, prof. Reinaldo Sousa, os professores do campus, o secretário municipal de educação(prof. Josafá), os honrados formandos( inclusive eu, Carlos Senna) e seus familiares e amigos.

Prof. Carlos Senna e o reitor da Uneal

     PARABENS  AOS QUERIDOS E NOVOS PROFESSORES GEÓGRAFOS!!!

3 de dez de 2010

O Fanatismo Religioso


As religiões, pelo seu caráter transcendental, foram, muito mais que a política, as grandes formadoras de adeptos fanáticos. Isso se explica porque a palavra fanatismo - do latim fanaticus -, que vem de fanum = templo, lugar consagrado, significa aquele que era o possuído pelo deus. Assim, fanatismo é a cega obediência a uma idéia, servida com zelo obstinado, até exercer violência para obrigar outros a segui-la e punir quem não está disposto a abraçá-la.

A conseqüência imediata do fanatismo religioso é o sectarismo, que encarcera a liberdade de consciência, pretendendo uma liberdade dirigida na espera do pensamento, que torna o homem escravo de postulados que lhe proíbem a expansão da alma pela idéia e pela razão.

O fanático é a antítese do herói e do entusiasta. Enquanto o herói e o entusiasta lutam por uma causa justa, o fanático assume uma atitude de intolerância às idéias alheias. O herói e o entusiasta podem até morrer pela causa que defendem, mas jamais o fazem para aumentar o número de prosélitos. O fanático, contrariamente, não recusa meios violentos e até cruéis para os conseguir.

Os atentados terroristas de 11 de setembro de 2001, nos Estados Unidos, em que os próprios homens se transformam em bombas, é digno de lembrança. Pergunta-se: o que está por trás dessa resolução? Não é o fanatismo religioso? Se um líder faz a nossa cabeça, dizendo-nos que praticando tal ato nós seremos arrebatados ao céu, a sua ordem será imediatamente colocada em prática.

E os Espíritas? Estão eles isentos do fanatismo?

Como o fanatismo está geralmente ligado ao dogmatismo, isto é, à crença numa verdade ou num sistema de verdades que, uma vez aceitas, não devem mais ser postas em discussão e rejeitam a discussão com outros, é possível que o Espírita esteja sendo fanático, sem o perceber.

Allan Kardec, por exemplo, em O Livro dos Médiuns, fala-nos dos médiuns que só querem receber um único Espírito, dos que não aceitam críticas em suas mensagens e daqueles outros que só querem pensar pela própria cabeça. Diz-nos ainda que essas são as causas da obsessão e da fascinação: o começo de um monoideísmo, uma idéia fixa.

Urge tomarmos consciência de nossas ações. Quantas não são as vezes que queremos impor as nossas idéias ao grupo que freqüentamos? Lembremo-nos do provérbio que diz: "Todo o excesso é prejudicial". Procuremos sempre o meio termo como nos aconselhava o filósofo Aristóteles, que colocava a virtude no meio, ou seja, entre o excesso para mais e o excesso para menos. Não a colocava como uma média, mas como o ponto de equilíbrio entre os excessos.

Fonte do site: ceismael.com.br

1 de dez de 2010

Resultado da Enquete de novembro/2010.

Nosso BLOG durante o mês de novembro publicou uma enquete que levava os amigos internautas a responder a seguinte pergunta: "Você é a favor do ensino de educação sexual nas escolas?" Alcançamos um resultado que nos deixou bastante orgulhosos e contentes em relação a escolha feita em maioria de votos a favor do ensino de educação sexual no âmbito escolar, isso nos leva a entender que nossos internautas são inteligentes e compreendem que nossas escolas precisam avançar ainda mais no importante papel de educar e conscientizar os alunos sobre a sexualidade, que infelizmente ainda tem sido um sério tabu em inúmeras  salas de aula.

Com isso o Blog Democratizando o Saber, vem em público agradecer a você que durante o mês de novembro, contribuiu com seu voto sério e honesto, que só fortaleceu o nosso trabalho. Obrigado a todos.

Resultado da enquete:

SIM- 28 votos
NÃO- 04 votos
Total de votos- 32 votos

24 de nov de 2010

A importância do hábito de ler


Através dos registros escritos descobrimos e aprendemos culturas, histórias e hábitos diferentes, compreendemos a realidade, o sentido real das idéias, vivências, sonhos, etc.
Diante do fato, pode-se considerar a leitura como uma das mais importantes tarefas que a escola tem que ensinar, mas é importante ressaltar que para isso o professor deve ter consciência da necessidade, além de praticar com eficiência o hábito da leitura.
Grande parte das escolas trabalha somente com textos literários e didáticos e muitas vezes selecionam esses materiais de forma burocrática, ou seja, uma relação de interesse entre editora, escola e, até mesmo, professor. Convém deixar claro que esse tipo de atitude não é de forma generalizada, pelo contrário, existem educadores que realmente desempenham seu papel de maneira responsável, desenvolvendo estratégias e diferentes formas de realizar uma leitura eficiente.
Segundo estudiosos, existem três objetivos distintos para compreender a importância do hábito de ler:

• Ler por prazer;
• Ler para estudar;
• Ler para se informar.

Através da leitura realizada com prazer, é possível desenvolver a imaginação, embrenhando no mundo da imaginação, desenvolvendo a escuta lenta, enriquecendo o vocabulário, envolvendo linguagens diferenciadas, etc.
A leitura voltada para o estudo é a mais cobrada pelos professores desde o início do ensino fundamental, apesar de muitos não estarem preparados para desenvolver em seus alunos tal hábito.
A leitura dinâmica e descontraída é uma das melhores formas de adquirir informações. O ideal é que se aprenda a ler textos informativos, artigos científicos, livros didáticos, paradidáticos, e etc.

Fonte: Mundo educação

20 de nov de 2010

A consciência negra no Brasil


No dia 20 de novembro comemora-se o Dia Nacional da Consciência Negra, em homenagem à morte de Zumbi, líder do Quilombo dos Palmares.
O quilombo era uma localidade situada na Serra da Barriga, onde escravos se refugiavam. Com o passar dos anos, chegou a atingir uma população de vinte mil habitantes, devido ao aumento das fugas dos escravos.
Os escravos serviam para fazer os trabalhos pesados que o homem branco não realizava, não tinham condições dignas de vida, eram maltratados, apanhavam, ficavam amarrados dia e noite em troncos, eram castigados, ficavam sem água e sem comida, suas casas eram as senzalas, onde dormiam no chão de terra batida.
Muitas pessoas eram contra essa forma de tratar os negros e várias tentativas aconteceram ao longo da história para defender seus direitos. Em 1871 a Lei do Ventre Livre libertou os filhos de escravos que ainda iriam nascer; em 1885 a Lei dos Sexagenários dava o direito à liberdade aos escravos com mais de sessenta anos.
Mas Princesa Isabel foi a responsável pela libertação dos escravos, quando assinou a Lei Áurea, em 13 de maio de 1888, dando aos mesmos o direito de ir embora das fazendas em que trabalhavam ou de continuar morando com seus patrões, como empregados e não mais como escravos.
O dia da consciência negra é uma forma de lembrar o sofrimento dos negros ao longo da história, desde a época da colonização do Brasil, tentando garantir seus direitos sociais.
Hoje temos várias leis que defendem esses direitos, como a de cotas nas universidades, pois acredita-se que, em razão dos negros terem sido marginalizados após o período de escravidão, não conseguiram conquistar os mesmos espaços de trabalho que o homem branco.
Na época da escravidão os negros não tinham direito ao estudo ou a aprender outros tipos de trabalho que não fossem os braçais, ficando presos a esse tipo de tarefa.
Muitos deles, estando libertos, continuaram na mesma vida por não ter condições de se sustentar.
O dia da consciência negra também é marcado pela luta contra o preconceito racial, contra a inferioridade da classe perante a sociedade, além de temas como mercado de trabalho, discriminação política, moda e beleza negra, etnias, homenagens a negros que se destacaram.
Além desses assuntos, enfatizam sobre o respeito enquanto pessoas humanas, além de discutirem e trabalharem para conscientizar as pessoas da importância da raça negra e de sua cultura na formação do povo brasileiro e da cultura do nosso país.

Fonte: Brasil escola

17 de nov de 2010

A cultura afro-brasileira

Foto: José Marcelo

Denomina-se cultura afro-brasileira o conjunto de manifestações culturais do Brasil que sofreram algum grau de influência da cultura africana desde os tempos do Brasil colônia até a atualidade. A cultura da África chegou ao Brasil, em sua maior parte, trazida pelos escravos negros na época do tráfico transatlântico de escravos. No Brasil a cultura africana sofreu também a influência das culturas europeia (principalmente portuguesa) e indígena, de forma que características de origem africana na cultura brasileira encontram-se em geral mescladas a outras referências culturais.
Traços fortes da cultura africana podem ser encontrados hoje em variados aspectos da cultura brasileira, como a música popular, a religião, a culinária, o folclore e as festividades populares. Os estados do Maranhão, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo e Rio Grande do Sul foram os mais influenciados pela cultura de origem africana, tanto pela quantidade de escravos recebidos durante a época do tráfico como pela migração interna dos escravos após o fim do ciclo da cana-de-açúcar na região Nordeste.
Ainda que tradicionalmente desvalorizados na época colonial e no século XIX, os aspectos da cultura brasileira de origem africana passaram por um processo de revalorização a partir do século XX que continua até os dias de hoje.

Foto: José Marcelo

                  Fonte: Wikipedia.org.br



14 de nov de 2010

Poesia escrita por um Palmarino














Serra da Barriga

Na Serra da Barriga
Muitas Guerras foram travadas
Resistiram por muitas décadas
Mais um dia foi degradada.
Domingos Jorge Velho veio destruir
Ate conseguiram resistir
Mais foi tanta luta, tanta destruição
Que o Quilombo veio ao chão.
Morreu muita gente
Mais Zumbi conseguiu fugir
Foi traído na serra dois Irmãos
Por alguns tostões
Executado ele foi
Mais Virou Herói da Nação.


                     José Euclides Avila de Alencar
                    Graduado em História pela FTC/AL





12 de nov de 2010

Desfile das escolas da rede municipal em U. dos Palmares-AL

Foto: Carlos Senna

        Dando continuidade as comemorações ao mês da consciência negra, aconteceu na tarde desta quinta,11, um emocionante desfile com a participação das escolas da rede municipal, tendo como principais personagens e atores da festa, seus alunos, que com muito entusiasmo fizeram brilhar as mais importantes ruas e avenidas do centro da cidade, todos ao ouvir o magnífico som da banda de fanfarra da Escola Muncicipal Salomé da Rocha Barros.

Foto: Carlos Senna

        Parabéns! a todos(as) os diretores,professores e principalmente os alunos das instituições de ensino da rede municipal em União dos Palmares-AL. E viva o mês da consciência negra...!!!


Foto: Carlos Senna
    

10 de nov de 2010

A diferença entre Psiquiatra, Psicólogo e Psicanalista .

       O termo “psi”, bastante utilizado pelas pessoas, muitas vezes pode ser permeado de confusão quanto aos significados, principalmente quando se refere aos profissionais indicados por este termo: psiquiatra, psicólogo ou psicanalista.
       O psiquiatra é um profissional da medicina que após ter concluído sua formação, opta pela especialização em psiquiatria, esta é composta de 2 ou 3 anos e abrange estudos em neurologia, psicofarmacologia e treinamento específico para diferentes modalidades de atendimento, tendo por objetivo tratar as doenças mentais. Ele é apto a prescrever medicamentos, habilidade não designada ao psicólogo. Em alguns casos, a psicoterapia e o tratamento psiquiátrico devem ser aliados.
       O psicólogo tem formação superior em psicologia, ciência que estuda os processos mentais (sentimentos, pensamentos, razão) e o comportamento humano. O curso tem duração de 4 anos para o bacharelado e licenciatura e 5 anos para obtenção do título de psicólogo. No decorrer do curso a teoria é complementada por estágios supervisionados que habilita o psicólogo a realizar psicodiagnóstico, psicoterapia, orientação, entre outras. Pode atuar no campo da psicologia clínica, escolar, social, do
trabalho, entre outras.
      O profissional pode optar por um curso de formação em uma abordagem teórica, como a gestalt-terapia, a psicanálise, a terapia cognitivo-comportamental.
      O psicanalista é o profissional que possui uma formação em psicanálise, método terapêutico criado pelo médico austríaco Sigmund Freud, que consiste na interpretação dos conteúdos inconscientes de palavras, ações e produções imaginárias de uma pessoa, baseado nas associações livres e na transferência. Segundo a instituição formadora, o psicanalista pode ter formação em diferentes áreas de ensino superior.

    Fonte: Brasilescola


7 de nov de 2010

Inaugurado em União dos Palmares-AL, o memorial Jorge de Lima



Sec. de Cultura ao lado do Poeta Jorge de Lima
                                         

     Como parte das comemorações do "Mês da Consciência Negra", por volta das 17h30 desta sexta-feira, 05, logo após a II Caminhada "Respeitando as diferenças", aconteceu a aguardada inauguração do Memorial em homenagem ao poeta palmarino Jorge de Lima.
Foto: José Marcelo
                                                                                  
     Participaram da inauguração, o prefeito Areski de Freitas; o vice-prefeito Adeildo Sotero; o secretário de cultura, Elson Davi; a secretária de turismo, Izabel Maia Gomes; o secretário de comunicação, Mário Sérgio; a Ialorixá Mãe Neide, do Grupo União Espírita Santa Bárbara (GUESB); o babalorixá Pai Sérgio Pontes; além de convidados e integrantes da imprensa palmarina, Dallas Diego, Franco Maciel, José Marcelo e Nivaldo Marinho, que representaram a Rádio Zumbi FM.

Foto: José Marcelo
                             

    Através de vários painéis expositivos que reúnem textos e imagens, a cronologia da vida e obras do “príncipe dos poetas alagoanos”, o Memorial consegue retratar fielmente a vida pública e pessoal do palmarino Jorge de Lima, tido como um dos maiores nomes da literatura brasileira.

Foto: José Marcelo

      Quem tiver interesse em fazer uma visita, o Memorial Jorge de Lima funciona nas dependências da casa onde nasceu e viveu o ilustre poeta, localizada na Praça Basiliano Sarmento, centro de União dos Palmares. O local ficará aberto de segunda a sábado, das 08 às 17 horas.

                                                       Fonte: Blog a terra da liberdade

3 de nov de 2010

O que é a Sociologia?


Augusto Comte

         No século XVIII, a Europa vivia um dos mais importantes momentos de sua história. A Revolução Francesa e Industrial provocaram mudanças que até hoje são refletidas na nossa geração. Toda conjuntura política, econômica e cultural passava por modificações: os novos métodos de produção geravam o aumento da produtividade e vários trabalhadores foram substituídos por máquinas. Além disso, ocorria o intenso êxodo rural, ocasionando uma explosão demográfica e conseqüentemente, uma falta de infra-estrutura capaz de comportar esses excedentes populacionais. A falta de empregos aliada à falta de infra-estrutura levou a um relativo estado de caos social: aumento da miséria, fome, criminalidade, doenças, prostituição, suicídio, etc.

          De certa forma, a sociologia surgiu como uma resposta intelectual para tentar analisar, explicar e melhorar essa nova estruturação, sobretudo social, que o mundo vivia. Portanto, sociologia é a ciência que, através de seus métodos de investigação científica, estuda o comportamento humano perante seu meio social e busca compreender as estruturas e as relações da sociedade.
          O termo “sociologia” foi criado por Augusto Comte, cuja intenção era unificar várias áreas do conhecimento, como psicologia, economia, etc. As três principais linhas de pensamento dentro da sociologia são: a Positivista-Funcionalista, tendo como fundador Auguste Comte e grande contribuidor, Émile Durkheim; a sociologia compreensiva iniciada por Max Weber; e a explicação sociológica dialética, iniciada por Karl Marx.

  Fonte: Brasilescola




1 de nov de 2010

Resultado da enquete de Outubro/2010

       Nosso BLOG durante o mês de outubro publicou uma enquete que levava os amigos internautas a responder a seguinte pergunta: "Qual matéria escolar você mais detesta ou mais detestava?" Alcançamos um resultado que nos leva a uma séria reflexão em busca das possíveis causas motivadoras da falta de interesse dos alunos pela disciplina da matemática, onde segundo os internautas que votaram e apontaram está nesta disciplina a sua falta de prazer e incentivo em estudar a mesma.
       Com isso o Blog Democratizando o Saber, vem em público agradecer a você que durante um mês, contribuiu com seu voto sério e honesto, que só fortaleceu o nosso trabalho. Obrigado a todos.

       Resultado da enquete:

       Geografia- Não houve votos
       Português-02 votos
       Matemática- 10 votos
       História- 02 votos
       Ciências- 01 voto
       Química- 06 votos
       Física- 07 votos
       Educação Física- 01 voto
       Filosofia-02 votos
       Outra- 04 votos

       Total de votos: 35 votos
    

28 de out de 2010

28 de Outubro dia do servidor público. Comemorar ou protestar?


Adriano Firmino Marques
Comemora-se no dia 28 de outubro o dia do funcionário público, mas percebe-se que esse dia se passa despercebido na sua essência. SERVIDORES PÚBLICOS, pessoas tão importantes na sociedade que merecem muito mais do que um feriado. Para aqueles que recebem altos valores ou valores exorbitantes. Tem uma farta opção de escolha para desfrutar desse dia de folga: freqüentar balneários, cinemas, shows, bares, restaurantes, podem praticar esportes... aff! São tantas as opções de lazer para eles.

Mas para os assalariados que recebem R$ 510,00 reais, “o salário mínimo de cada dia”, amargam a difícil labuta do dia a dia, para eles o feriado não representa muita coisa. É difícil para milhares de funcionários públicos desse país ter que suprir com um salário mínimo todas as suas necessidades essenciais: alimentação, saúde, educação, moradia, lazer... Lazer? Como ter lazer um funcionário que recebem o salário mínimo brasileiro? Fica difícil para muitos, e não podem ter direito a lazer nem no dia 28 de outubro dia oficial do funcionário publico no território brasileiro.

E olha que lazer é um direito constitucional, está na lei, ou melhor, na sagrada CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA. As desigualdades sociais é tão dramática em países subdesenvolvidos como o Brasil que é inevitável ver as diferenças no nosso meio. No século XIX o filosofo e revolucionário alemão Karl Max contestava a sociedade capitalista, ele via no proletariado a classe revolucionária. Vale-se refletir sobre essas questões, pois negar o debate dessas realidades é na verdade injusto para os que fazem parte da massa que contribuem culturalmente e economicamente para o país.

É uma questão de justiça social. Vamos ser perseverantes na luta por um país igualitário, e é na escola que começa esse exercício de cidadania, se faz necessário educar nossas crianças e jovens de seus direitos e deveres exercendo com dignidade o seu indispensável papel na sociedade. Papel esse, que desrespeita a todos trabalhadores, educadores, intelectuais, diplomáticos, autoridades em fim a todos que compõem a nação brasileira. DIA DO FUNCIONARIO PUBLICO, comemorar ou protestar? O que você vai fazer nesse feriado? Você é funcionário publico? Seja lá qual for, o momento atual merece no mínimo um debate democrático sobre os trabalhadores oficiais do Brasil das florestas e sertões que embelezam o território aportuguesado, mas esconde triste realidade.

   Por Adriano Firmino Marques















24 de out de 2010

Em União dos Palmares-AL,quatro mil alunos voltam as aulas hoje, 25.

Escolas Monsenhor Clóvis e Carlos Gomes eram as últimas unidades da rede estadual ainda ocupadas por famílias desabrigadas; alunos terão aulas de reposição.

Rosário Sarmento, coordenadora regional
     As escolas estaduais Monsenhor Clóvis e Carlos Gomes, em União dos Palmares, retomam as aulas nesta segunda-feira (25). As duas unidades eram as últimas da rede estadual ainda ocupadas por famílias de desabrigados das enchentes e quatro mil alunos serão diretamente beneficiados com o retorno do ano letivo.
     Desocupadas no início da semana, com a transferência das famílias para barracas em abrigos provisórios, as duas escolas foram submetidas a um processo de limpeza e recuperação, incluindo ações como dedetização e consertos emergenciais nas redes hidráulica e elétrica. Uma reforma mais ampla será realizada paralelamente às aulas.
     De acordo com Rosário Sarmento, coordenadora da 7ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE), que abrange todas as escolas estaduais do Vale do Mundaú, além da preocupação com o espaço físico, as duas unidades também se organizaram para oferecer aulas de reposição para os alunos em horários alternativos. O objetivo é minimizar os prejuízos ao calendário letivo.
Estas aulas de reposição serão uma oportunidade para se recuperar o conteúdo perdido em disciplinas como Matemática, Química, Português e Biologia. Inicialmente, envolveremos alunos do 9º ano do Ensino Fundamental e 3º ano do Ensino Médio, mas no decorrer do processo agregaremos mais turmas. Por outro lado, os alunos impossibilitados de frequentar essas aulas não terão prejuízos”, conta Rosário.

Fonte:  Blog o palmarino

22 de out de 2010

O que é Bullying?

Foto: Google imagens
Atos agressivos físicos ou verbais só são evitados com a união de diretores, professores, alunos e famílias

     Bullying é uma situação que se caracteriza por atos agressivos verbais ou físicos de maneira repetitiva por parte de um ou mais alunos contra um ou mais colegas. O termo inglês refere-se ao verbo "ameaçar, intimidar". A versão digital desse tipo de comportamento é chamada de cyberbullying, quando as ameaças são propagadas pelo meio virtual.
     Estão inclusos no bullying os apelidos pejorativos criados para humilhar os colegas. E todo ambiente escolar pode apresentar esse problema. "A escola que afirma não ter bullying ou não sabe o que é ou está negando sua existência", diz o médico pediatra Lauro Monteiro Filho, fundador da Associação Brasileira Multiprofissional de Proteção à Infância e Adolescência (Abrapia), que estuda o problema há nove anos.

      Segundo o médico, o papel da escola começa em admitir que é um local passível de bullying, informar professores e alunos sobre o que é e deixar claro que o estabelecimento não admitirá a prática - prevenir é o melhor remédio. O papel dos professores também é fundamental. Eles podem identificar os atores do bullying - agressores e vítimas. "O agressor não é assim apenas na escola. Normalmente ele tem uma relação familiar onde tudo se resolve pela violência verbal ou física e ele reproduz isso no ambiente escolar", explica o especialista. Já a vítima costuma ser uma criança com baixa autoestima e retraída tanto na escola quanto no lar. "Por essas características, é difícil esse jovem conseguir reagir", afirma Lauro. Aí é que entra a questão da repetição no bullying, pois se o aluno reage, a tendência é que a provocação cesse.

       Claro que não se pode banir as brincadeiras entre colegas no ambiente escolar. O que a escola precisa é distinguir o limiar entre uma piada aceitável e uma agressão. "Isso não é tão difícil como parece. Basta que o professor se coloque no lugar da vítima. O apelido é engraçado? Mas como eu me sentiria se fosse chamado assim?", orienta o médico. Ao perceber o bullying, o professor deve corrigir o aluno. E em casos de violência física, a escola deve tomar as medidas devidas, sempre envolvendo os pais.

        O médico pediatra lembra que só a escola não consegue resolver o problema, mas é normalmente nesse ambiente que se demonstram os primeiros sinais de um agressor. "A tendência é que ele seja assim por toda a vida a menos que seja tratado", diz. Uma das peças fundamentais é que este jovem tenha exemplos a seguir de pessoas que não resolvam as situações com violência - e quem melhor que o professor para isso? No entanto, o mestre não pode tomar toda a responsabilidade para si. "Bullying só se resolve com o envolvimento de toda a escola - direção, docentes e alunos - e a família", afirma o pediatra.

Fonte: revistaescola.abril.com.br

18 de out de 2010

Em União dos Palmares-AL, escolas estaduais são desocupadas.

Esc. Estadual Monsenhor Clóvis
      Às vésperas de completar dois meses ocupando as escolas estaduais de União dos Palmares, as únicas que seus alunos estão sem aulas, as famílias, vítimas das enchentes do dia 18 de junho, foram encaminhadas para as barracas localizadas no final da rua Juvenal Mendonça no terreno da A.A. Palmarina.
      Diretores das escolas Monsenhor Clóvis e Carlos Gomes estavam nos respectivos locais e já estão prevendo o início das aulas para o dia 25 de outubro, desde que tudo ocorra bem durante a limpeza geral que irão realizar nos estabelecimentos de ensino.
      Os diretores da escola Monsenhor Clóvis convocam os Funcionários para o retorno às atividades normais já nesta segunda-feira, dia 18/10, e todos os professores para uma reunião no dia 19/10 no auditório da 7ª CRE a partir das 14h.

          Fonte: Blog acorda união

Esc. Estadual Carlos Gomes


15 de out de 2010

15 de Outubro- Dia do Professor.


Prof. Adriano Marques

Comemorar o dia do professor é lembrar do profissional mais importante da humanidade, não é demagogia, é na verdade a constatação de que esse profissional é importante e insubstituível na sociedade. Não podemos deixar de lembrar que é o professor que inicialmente educa desde ao mais simples operário ao mais nobre diplomático. É esse profissional que dedica-se e  entrega-se a educar os filhos de famílias que tanto precisam de apoio, afeto e companherismo.
Em uma sociedade marcada pelo abandono social onde o papel do professor representa um significado amplo na vida de muitos. São os professores que educam, conscientizam os jovens, cuidam da auto-estima dos alunos, são esses profissionais que tem o dom ou o talento de fazer os jovens cansados e sem esperança voltar a  sonhar. É fantástico ver a grandeza do papel do educador! Como diz Augusto Cury - "O professor vibra com o aluno mesmo que ele o faça chorar".
Viva o dia do professor! É dia de comemorar? É sim, é dia de comemorar o dia daqueles que mesmo mal remunerados, acordam todos os dias e trilham um caminho fazendo o caminhante a caminhar.
É dia de comemorar o dia daqueles que fazem a diferença mesmo em salas de lonas, latas e em debaixo de árvores . Que com garra, entusiasmo e perseverança realizam atividades extraordinárias!
A educação pode mudar a realidade de abandono das áreas periféricas e as regiões marcadas pela violência e pelas injustiças sociais.

                                                                                            Prof. Adriano Marques

14 de out de 2010

Jairo Campos é o novo reitor da UNEAL.

                                     
Foto: Carlos de Senna
      Realizou-se hoje(14) por volta das 11:00 (manhã), no auditório do Palácio da República dos Palmares no centro de Maceió, a cerimônia de posse do reitor eleito da Universidade Estadual de Alagoas-UNEAL, o professor Jairo Campos da Costa, que venceu a chapa 02 da candidata derrotada Laudirege Fernandes nas utimas eleições para reitor e vice-reitor desta digníssima instituição pública de ensino em nível superior. Eleições essa que foi realizada em Junho/2010 de forma muito democrática com a participação em voto direto dos professores, funcionários e alunos da Uneal, dando consequentemente ao professor Jairo o direito de tornar-se o mais novo reitor, com posse reconhecida na manhã desta quinta-feira(14).
Foto: Carlos de Senna

     Estiveram presentes professores, funcionários e alunos de todos os cinco campus espalhados pelo estado, alem de representantes dos Consu’s, e do governador em exercício Dr. José Wanderley Neto, onde o mesmo em nome da democracia e do estado de direito conduziu a cerimônia de forma muito satisfatória e concedendo a Jairo Campos a dignidade de exercer o cargo de reitor e autoridade máxima na Universidade Estadual de Alagoas.